21/10/2013

Uma mais-valia para o Casteleiro


Nem sempre a interioridade é sinónimo de apatia, encolher dos braços…desistir!
Situada no Casteleiro, a Casa da Esquila é hoje sinónimo de requinte, bom gosto, profissionalismo e muita simpatia.
Rui Cerveira, proprietário e criativo na arte da gastronomia tem o gosto pela ruralidade do Casteleiro e das suas gentes.
A consideração pelo cliente e o respeito que este lhe merece fez com que, aos domingos, o som do saxofone se misture com o requintado bufet, com que presenteia as dezenas de forasteiros que ali se deslocam, oriundos de variadas terras.
Numa destas refeições dominicais fui presenteado com este requinte, invulgar, por estas e outras paragens…
 

Mas a surpresa não ficou por aqui!
Não resisti, e trouxe comigo um documento informativo dos vários serviços que a Casa Esquila presta.
“É o manifesto” do PORQUÊ GOURMET RURAL que não resisto a transcrever, aqui:
«Antes de mais, Rural, porque é a nossa identidade, somos assumidamente rurais; gostamos de ter tempo para as coisas, gostamos de provar os primeiros frutos da época, os legumes que vemos crescer da terra, a carne que vem das pastagens beirãs, o peixe com os perfumes da tradição.
Gourmet, porquê? Porque são esses produtos, naturalmente rurais, produtos de excelência. Carnes criadas livremente em pastos, legumes cultivados com a ternura das avós, que explodem de sabor quando os provamos; frutas que tiveram tempo para amadurecer…de manhã, ainda, na árvore e ao almoço apresentam-se, delicadamente, na mesa com todos os seus perfumes.
(…) Acima de tudo pretendemos com esta nossa forma de estar, proporcionar-lhe sensações de puro prazer e bem-estar físico e etéreo».
OBRIGADO RUI, PELO TEU PROFISSIONALISMO E BOM GOSTO!
 
 
"A Minha Rua", Joaquim Luís Gouveia


1 comentário :

  1. Bem haja pelas gentil palavras. Abraço

    Rui Cerveira

    ResponderEliminar