21/02/2011

O cheiro das palavras

Hoje queria apresentar-vos o jogo das sensações, que pretende despertar em cada um dos leitores o cheiro intenso, que estas palavras transportam ao longo do tempo, nesta terra que é nossa - Casteleiro:

- Uva; mosto, jeropiga, vinho, aguardente, balsa, pipa, adega
- Marmelo, marmelada, geleia, açúcar em ponto
- Ovelha, leite, queijo curado, requeijão, soro.
- Porco, chouriça assada, morcela, farinheira, fumeiro, presunto, salgadeira.
- Lume, lareira, lenha, fumo, brasial, maçã assada, panela de ferro.
- Castanha, lume, magusto, assador.
- Natal, Menino Jesus, presépio, igreja, madeiro, praça, filhoses, família, amigos.
- Azeitona, lagar, azeite.
- Terra, estrume, semente, flor, fruto

Que tal este desafio?
Afinal as palavras também têm cheiro e o que é curioso, é que cada uma delas nos transporta para vivências bem características de épocas festivas, vida rural…de um tempo já passado, mas que pretendemos trazer à memória presente.




"A Minha Rua", espaço de opinião de autoria de Joaquim Gouveia

1 comentário :

  1. De facto cheirou-me a CASTELEIRO! Obrigada. H.Fonseca

    ResponderEliminar